Aplicativo contra abigeato é apresentado aos prefeitos do RS na Assembleia da Famurs

O número de ocorrências de abigeato no Rio Grande do Sul em janeiro de 2022 foi o menor já registrado para o período. Com 295 casos, representa 11,4% menos que as 333 ocorrências de janeiro de 2021. Os dados são do relatório da Segurança Pública do RS.

Mas, para ajudar ainda mais no combate do furto de animais, nasceu o AbigeApp, aplicativo contra abigeato. Desenvolvido pela Be220, possui recursos de inteligência artificial e um banco de marcas e sinais. 

A tecnologia, já implementada no município gaúcho de Dom Pedrito, foi apresentada a autoridades municipais, estaduais e federais durante a Assembleia de Verão 2022, promovida pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs)

Em breve, o aplicativo deve ser implantado em Canguçu, Santiago, São Borja. Candiota e Santa Vitória do Palmar. 

Confira como foi o evento!

Sobre a Assembleia de Verão 2022

Organizada pela Famurs, a Assembleia de Verão 2022 ocorreu nos dias 24 e 25 de março, na Associação dos Amigos da Praia de Torres (SAPT). 

Mais de 800 pessoas, entre representantes de órgãos municipais, estaduais e federais, prestigiaram a Assembleia de forma presencial. Além disso, o evento foi transmitido ao vivo pelos canais oficiais da Famurs e em mais de 20 rádios do Rio Grande do Sul.

Composta por 27 Associações Regionais, a Famurs representa todas as 497 cidades gaúchas – reunindo prefeitos, vice-prefeitos, secretários, técnicos e órgãos da gestão pública municipal. Seu papel institucional é garantir a representatividade dos agentes locais.

AbigeApp: autoridades conhecem o aplicativo contra abigeato na Assembleia de Verão

Aplicativo totalmente desenvolvido pela Be220 para prevenir e combater o furto de animais do campo, o AbigeApp foi apresentado durante a programação oficial da Assembleia de Verão da Famurs. 

Os sócios da Be220, Diego Vilela (diretor executivo), Rafael Abreu (diretor de tecnologia)  e Rodney Silva (diretor de negócios) participaram dos dois dias do evento. 

Com recursos de inteligência artificial, o AbigeApp é uma ferramenta poderosa, criada para auxiliar a segurança pública no combate aos crimes de abigeato. 

O aplicativo, que atende leis municipais sobre a digitalização de marcas e sinais de animais, foi apresentado no palco principal do evento com a participação de

  • Mário Augusto de Freire, prefeito de Dom Pedrito; 
  • Diego Vilela, diretor executivo da Be220; 
  • Patrício Jardim Antunes, vereador e autor da lei de marcas e sinais de Dom Pedrito e inspetor de Polícia na DECRAB/Bagé;
  • Edson Damião Ribas, vereador de São Borja; 
  • e Maurício Mera de Castro, vereador de Quaraí.


WhatsApp Image 2022 03 30 at 18.09.51

 

Quem já conhece o AbigeApp?

O estande do AbigeApp na Assembleia de Verão da Famurs 2022 recebeu visitas de autoridades estaduais e de municípios, além de instituições e empresas. 

Confira quem conheceu o aplicativo contra abigeato durante o evento:

O que é abigeato?

Abigeato é um termo usado para se referir a crimes de furtos envolvendo animais do campo, com destaque para o gado. 

Uma de suas principais características é ser praticado durante o período noturno, quando a escuridão e a pouca vigilância facilitam a execução do delito, além de dificultar a identificação do praticante.

Na fronteira com o Uruguai e a Argentina, produtores rurais gaúchos sofrem com as ações de quadrilhas especializadas em roubo de gado. O abigeato causa prejuízos que beiram R$1 milhão.

A TV Record retratou essa realidade no RS em reportagem especial. Assista:

 

Como o AbigeApp, o aplicativo contra abigeato, funciona?

O AbigeApp oferece um banco de dados digital, com armazenamento em nuvem, para o registro de marcas e sinais de animais nas prefeituras. A tecnologia substitui os livros de papel tradicionalmente usados neste serviço.

Dessa forma, há maior agilidade na investigação de crimes rurais. Com o aplicativo contra abigeato, as autoridades de segurança pública utilizam recursos de inteligência artificial para 

  • consultar o banco de dados, 
  • identificar a propriedade dos animais apreendidos 
  • e agilizar a investigação em crimes de abigeato. 

O AbigeApp também otimiza recursos humanos e financeiros da segurança pública, bem como permite o aumento da arrecadação dos municípios.

E o aplicativo contra abigeato ainda possibilita tecnologia para as prefeituras, com impacto em segurança no campo, economia e responsabilidade social. 

Assim, através da marca visualizada no couro do animal, é possível identificar o nome do proprietário rapidamente com auxílio do aplicativo contra abigeato.

Como essas informações são privadas e acessíveis somente por autoridades de segurança que sejam permitidas pelo município, é possível disponibilizar

  • nome,
  • endereço,
  • telefone,
  • WhatsApp,
  • e-mail de contato,
  • propriedades
  • e marcas vinculadas àquele criador.

Clique aqui e saiba mais sobre o AbigeApp!

Tire suas dúvidas com os especialistas responsáveis pelo AbigeApp

Durante a Assembleia de Verão 2022, Abreu e Vilela concederam uma entrevista sobre o AbigeApp. 

Os especialistas demonstraram algumas funcionalidades do aplicativo contra abigeato, além de explicar sobre sua utilidade e os benefícios para municípios, proprietários e trabalhadores agropecuários.

Assista na íntegra:

 

Na mídia: aplicativo contra abigeato ganha destaque também na imprensa 

O aplicativo contra abigeato desenvolvido pela Be220, conhecido como AbigeApp, já é notícia na imprensa gaúcha. Confira:

Contrate o AbigeApp na sua cidade

Quer levar o aplicativo contra abigeato para combater esses crimes no seu município? Entre em contato com a nossa equipe e saiba como!

compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp