Coronavírus faz empresas acelerarem desenvolvimento de projetos digitais

Qualquer consultoria de negócios que se proponha a orientar empresas inclui o desenvolvimento de projetos digitais como uma das prioridades para o sucesso. Na pandemia de coronavírus, que tirou as pessoas das lojas físicas, a tal transformação veio a galope, estimulando comerciantes de variados segmentos e os varejistas a reavaliarem a sua operação sem a presença digital.
A necessidade de investimentos em ecommerce (loja virtual), aplicativos e em sistemas avançados de Inteligência Artificial, como softwares e chatbots, está fazendo empresários acelerarem processos estratégicos. “Desde o final de 2019, já percebemos uma retomada de investimentos em tecnologia. A busca se intensificou com o início da pandemia. Empresas, empreendedores e comerciantes nos procuram para colocar os projetos no mercado o quanto antes”, afirmou Rafael Abreu, diretor de tecnologia da Be220 Digital.
A receita do ecommerce cresceu 42% durante a pandemia, considerando a semana de 17 de março a 14 de abril na comparação com o mesmo período de 2019. O que puxou o índice foi o aumento de pedidos, não o valor gasto. Só o consumo de autosserviço em varejistas online cresceu 96% de 19 a 25 de março, 13% acima da média total do ecommerce, segundo a Ebit Nielsen, que faz mensuração e análise de dados. “A demanda sempre existiu no mercado brasileiro, mas agora investir em inovação e tecnologia para vendas e gestão não é mais um diferencial, mas, sim uma necessidade de sobrevivência dos negócios“, frisou Diego Vilela, diretor executivo da Be220 Digital.
Há uma série de tendências no Brasil que refletem comportamentos que aconteceram na China, como a entrada de consumidores que nunca haviam adquirido um produto pela internet. Ainda conforme a Nielsen, 31% declararam que fizeram sua primeira compra na quarentena. “A aceleração que temos visto nos canais de venda depois da Covid-19 mostra mudança de prioridade. Não é questão de ser legal ter isso, é essencial, você não consegue mais vender”, reforçou Conrado Leister, diretor-geral do Facebook no Brasil.
Em razão do isolamento, o comércio foi forçado a buscar alternativas, enquanto o consumidor adquire novos hábitos, o que levou ao aumento significativo do ecommerce. “Essa tendência que deve se manter após a crise. Aqui na agência pensamos junto com quem nos procura antes mesmo que se tornarem clientes – ainda na fase de prospecção – para incorporar a tecnologia nos negócios“, ressaltou Rodney Silva, diretor de marketing da Be220 Digital.
TECNOLOGIAS DE IMPACTO SOCIAL
Desde março, quando a pandemia do coronavírus foi declarada, a Be220 colocou no mercado dois projetos de impacto social: o Aplicativo Delivery para Todos e o Chatbot Covid-19.
– APP DELIVERY PARA TODOS
Aplicativo desenvolvido pela Be220 e voltado para pequenos estabalecimentos comerciais oferecerem delivery. O uso da plataforma é totalmente gratuito tanto para empresas quanto para usuários. O desenvolvimento do aplicativo foi destacado em matéria das jornalistas Marta Sfredo e Camila Silva, no site de GaúchaZH e versão impressa de Zero Hora. Veja a matéria no link: bit.ly/GauchaZHAppBe220
– CHATBOT DO CORONAVÍRUS
Chatbot de Inteligência Artificial desenvolvido pela Be220 e voltado para oferecer informações sobre a Covid-19. Com base nos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, o robô responde perguntas de usuários em tempo real. O chatbot está disponível em sites de clientes da agência e pode ser instalado, de forma gratuita, para outras empresas interessadas.
Pela iniciativa, a Be220 foi listada pela Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (SICT) do Governo do Estado do RS como uma das 66 startups no País que estão atuando no enfrentamento ao novo coronavírus. Confira no link a matéria do Governo do Estado: https://www.inova.rs.gov.br/startups-contra-a-covid-19-sao-mapeadas-pela-sict
Também pelo desenvolvimento do chatbot, a Be220 foi uma das finalistas do Desafio Covid19. A iniciativa é do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através do MPLabs e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), realizada por meio do Porto Digital e seu Open Innovation Lab do Porto Digital.
BE220 DIGITAL
A Be220 Digital é uma agência de tecnologia sediada no polo criativo da Cidade Baixa (Rua Sofia Veloso, 101), em Porto Alegre (RS). O diferencial da empresa é a tecnologia aliada à experiência do usuário (UX), o que inclui uma equipe multidisciplinar formada por jornalistas, designers e desenvolvedores.
A agência atua com o desenvolvimento de projetos exclusivos de aplicativos (APP) de celular iOS e Android; sites personalizados com conteúdo rico; portal de conteúdo de notícias e entretenimento; ecommerce e loja virtual com design exclusivo; chatbot de Inteligência Artificial; softwares personalizados e sistemas web; plataforma EAD de cursos; consultoria de tecnologia para MVP; gerenciamento e manutenção de produtos digitais; e design e criação de marca e identidade visual.
São sócios da Be220 os jornalistas Diego Vilela (diretor executivo) e Rodney Silva (diretor de marketing), além do analista de sistemas Rafael Abreu (diretor de tecnologia).

compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp