Desenvolvido pela Be220, App Zpass é matéria em GaúchaZH

GZH Exclusivo – Coluna Acerto de Contas
Jornalista Giane Guerra

TECNOLOGIA PARA O BOLSO
Com investimento de R$ 435 mil, aplicativo é lançado com descontos em 114 empresas do RS

É preciso pagar uma anuidade de R$ 99,90, mas o criador da ferramenta explica que vale a pena.
Pagar uma taxa anual e ter desconto e benefícios em vários estabelecimentos é a proposta do aplicativo Zpass. Criada por empreendedores gaúchos, a ferramenta tem 114 empresas ativas e mais 70 em fase de cadastro. Elas são de dez segmentos diferentes, de alimentação a imobiliário.
Para verificar os descontos e as empresas, o usuário pode se cadastrar gratuitamente no aplicativo. Já para usufruir do benefício, tem de se associar ao clube Zpass, pagando uma anuidade de R$ 99,90. Ao aderir, o usuário terá um cadastro e deverá apresentar nos estabelecimentos o QR Code, tipo um “código de barras” virtual.
Benefícios
Os benefícios variam entre desconto na loja, programa de fidelidade e sorteio. Além disso, há uma “recompensa” em dinheiro para novos membros que se associarem na plataforma através de indicações do usuário. Nesse esquema, cada novo sócio por indicação paga R$ 49,90 pelo cadastro e quem indicou ganha 10% do valor nas próximas renovações.
A coluna Acerto de Contas provocou Wyllian Meller, um dos empresários por trás da empreiteira, para entender por quais motivos valia a pena investir no aplicativo:
— Tem sequências de comidas japonesas que estão com R$ 100 de desconto. Depilação feminina que custaria R$ 1,3 mil fica por R$ 750. Sem falar dos sorteios e gratificações por indicação — argumentou o empresário.
Atualmente, o Zpass tem estabelecimentos em Porto Alegre, Canoas e Gramado. O objetivo é, em dois anos, expandir para ao menos outras quatro capitais brasileiras e suas respectivas regiões metropolitanas. Mais audaciosa, a meta é atingir 1 mil empresas.
Investimento
O investimento no negócio foi de R$ 435 mil. Além de Wyllian, Bernardo Longhi Desessards também toca o projeto. A Be220 Digital, agência de tecnologia responsável pelo desenvolvimento do aplicativo, também é sócia do Zpass. A ideia surgiu após Wyllian se interessar por sites de compras coletivas. Vendo que o mercado já estava bem consolidado, o empresário pensou em outras possibilidades. Em 2016, começou a planejar o que viria a ser o Zpass, que efetivamente começou a ser desenvolvido no início do ano.
Veja a matéria completa aqui

compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp